Galeria

 

 



A Cáritas Diocesana de Vila Real, no âmbito do Programa CLDS-3G, proporcionou uma visita ao Palácio de Mateus, a um grupo de crianças em situação de vulnerabilidade. O objetivo foi promover junto dessas crianças um dia diferente dando-lhes a conhecer um dos locais mais emblemáticos da cidade de Vila Real. O Solar setecentista, Património Nacional desde 1911, é considerado o mais belo e emblemático edifício barroco do país. A autoria da sua fachada é atribuída Nicolau Nasoni.

Esta ação insere-se num conjunto de medidas implementadas junto das famílias desfavorecidas, crianças e jovens em situação de vulnerabilidade, com vista à promoção/desenvolvimento das suas competências pessoais e sociais com o objetivo último de potenciar o exercício pleno da sua cidadania.

A atividade integra-se na ação nº12 – Espaço Júnior Itinerante - do Plano de ação do CLDS 3G Vila Real. O intuito é fazer experienciar componentes artísticas que, num contexto socioeconómico debilitado, não teriam oportunidade.

Um agradecimento especial à Fundação Casa de Mateus por ter proporcionado esta visita, permitindo um desconto na entrada dos bilhetes destas crianças e jovens.

 

A Cáritas Diocesana de Vila Real, no âmbito do Programa CLDS-3G, aproveitando o período de férias escolares, proporcionou, em articulação direta com a Câmara Municipal de Vila Real, a um grupo de crianças em situação de vulnerabilidade, uma manhã de sábado diferente. Uma manhã divertida e soalheira.

No espaço exterior do Museu da Vila Velha, as crianças pintaram ovos, fizeram jogos, seguiram percursos e, no final, tiveram direito a uma surpresa.

 

Caminhos para a preservação das artes tradicionais

Decorreu, no passado dia 17 de março, na Torre de Quintela, Freguesia de Vila Marim, uma tertúlia subordinada ao tema: “Caminhos para a preservação das artes tradicionais: cooperação entre novos e velhos atores”. Esta sessão resultou de uma parceria entre a Cáritas Diocesana de Vila Real, no âmbito do programa CLDS 3G, a Junta de Freguesia de Vila Marim e a UTAD, no âmbito do Mestrado em Gestão Agroalimentar.

Esta tertúlia teve como principal objetivo proporcionar, junto dos alunos de mestrado e da comunidade presente, uma reflexão acerca da inovação e valorização dos recursos tradicionais, como é o caso do Barro de Bisalhães e do Linho de Agarez. Duas artes ancestrais que correm o risco de desaparecer face à idade avançada dos artesãos e à dificuldade de competir num mercado de larga escala.

À conversa juntaram-se as tecedeiras de Agarez, que desde há anos, mantêm o mesmo modelo de negócio e dois jovens designers que apostaram na modernização da louça preta, com o projeto Bisarro. Daniel Pêra e Renato Costa criaram novos canais comerciais para levar mais longe o Barro de Bisalhães. A dupla inovou na conceção das peças e manteve o processo de cozedura, que dá a cor negra ao Barro, pois os dois jovens pretendem preservar a essência do que é tradicional. Atualmente a dificuldade dos empreendedores prende-se com a falta de oleiros que produzam as suas peças de forma a dar resposta às muitas solicitações do mercado internacional.

Uma das conclusões dessa tertúlia é de que é necessário sensibilizar, junto das instituições públicas, para a importância da implementação de cursos de formação nas áreas da olaria e da tecelagem/bordados.

Ficou claro que urge repensar a forma de fazer acontecer estas duas artes no mercado, cada vez mais globalizado. E repensar o modus operandi de duas artes que trazem consigo um conjunto de histórias e vidas que se pretendem ver eternizadas.

 

A Cáritas Diocesana de Vila Real, através do programa CLDS_3G, no âmbito da ação nº2: “Guião de Procura Ativa de Emprego”, em colaboração com a União de Freguesias Borbela e Lamas de Olo dinamizou, no passado dia 24 de março, o workshop subordinado ao tema: “Técnicas de Procura Ativa de Emprego”.

Uma sessão, destinada à população desempregada, que pretendeu dotar os participantes de ferramentas e técnicas de procura ativa de emprego e consciencializá-los para atitudes proativas face ao mercado de trabalho, por serem fatores diferenciadores no ato de recrutamento e seleção de candidatos para uma vaga de emprego.

O CLDS_3G inicia, desta forma, um ciclo de workshops pelas freguesias do concelho de Vila Real, no sentido de potenciar, junto dos participantes, uma atitude proativa, bem como o desenvolvimento de um conjunto de competências empreendedoras face à procura de emprego.

A Cáritas Diocesana de Vila Real, no âmbito do CLDS-3G, Vila Real e o Projecto Identidade promoveram, no passado dia 16 de Fevereiro, na Escola Profissional da Nervir e na Escola Profissional Agostinho Roseta, uma ação de sensibilização dirigida aos alunos sobre Violência no Namoro.

Os comportamentos violentos no namoro, quase sempre desvalorizados e tantas vezes difíceis de identificar, privam muitos jovens de uma relação saudável e positiva, deixando sérias marcas emocionais.

Segundo um estudo sobre a prevalência da violência no namoro, em Portugal, 1 em cada 4 jovens, entre os 13 e os 29 anos, foram vítimas de algum tipo de conduta violenta.

As palestras foram dirigidas pela psicóloga do CLDS-3G Liliana Perdigão e pela Criminóloga Filomena Bessa, do Projeto Identidade.

A vereadora Eugénia Almeida também marcou presença na ação onde aproveitou para falar do Plano para a Igualdade, da autarquia afirmando que “a violência no namoro também é uma questão de igualdade”.

O problema da violência no namoro é muito frequente, principalmente nos primeiros namoros, entre os 15 e os 18 anos, “quando as relações são muito arrebatadores”, frisou a criminóloga, Filomena Bessa. A especialista salientou que os jovens, por vezes, não têm noção que o controle e o ciúme não são positivos e é “importante alertá-los para que sejam capazes de desenvolver relações saudáveis e menos obsessivas, e percebam a diferença entre as duas”.

Esta campanha de sensibilização do Projeto Identidade teve o apoio e parceria do Município de Vila Real e da Erasmus Student Network UTAD - ESN UTAD.

  • 1Apav.png
  • 1nervir.png
  • 2utad.png
  • 3iefp.png
  • 4regidouropark.png
  • 6katherein.png
  • A2000.png
  • agostinho.png
  • agricultores.png
  • associacao31.png
  • auchan.png
  • caliscrossbox.png
  • camilo.png
  • churrasquiera.png
  • consultua.png
  • cruz_vermelha.png
  • cuidamos.png
  • decathlon.png
  • diogo.png
  • dourovending.png
  • ecoar.png
  • encontro.png
  • ervas.png
  • jb.png
  • leitao.png
  • logo_basreal.png
  • luisleite.png
  • macdonalds.png
  • magnolia.png
  • martins.png
  • morgado.png
  • nervirpro.png
  • novareal.png
  • ptacademy.png
  • samarda.png
  • saopedro.png
  • sensations.png
  • siacfor.png
  • Símbolo_Vila_Marim_1.png
  • tear.png
  • tenis.png
  • tragamundos.png
  • valguard.png
  • vianova.png
  • vilareal.png

Please publish modules in offcanvas position.

ATENÇÃO: Este site do CLDS3G utiliza cookies. Ao navegar nele está a consentir a sua utilização. Saiba mais...